lero-lero

.
.
.
quem vem ali, agora
é lero lero, olho no olho
e nada mais
.
.
esse é do mesmo time
não tem pressa e nem atraso
tudo é em paz
.
.
parece o mesmo sangue
quando penso
o outro sabe
nem fala não
.
.
e quando a vida aperta
é lero lero, olho no olho
e me volta a paz
.
.
quero dizer: valeu irmão!
quero dizer: valeu irmão!
e nada mais
.
.
.
[luisa maita]
.
.
.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s